Youtube

o informante filme

O informante filme Completo


    os informantes,o informante filme,filme o informante,o informante download, download o informante,o informante dublado,o informante resumo, ,o informante online,o informante sinopse,o informante blog, filme o informante resumo,resumo do filme o informante,o informante resenha, baixar filme o informante,sinopse do filme o informante,resenha do filme o informante, o informante download dublado,o informante critica,o informante trailer, o informante militar,o informante 1999,o informante dublado
Informações Técnicas
Título no Brasil:  O Informante
Título Original:  The Insider
País de Origem:  EUA
Gênero:  Drama
Tempo de Duração: 157 minutos
Ano de Lançamento:  1999
Site Oficial:  
Estúdio/Distrib.:  
Direção:  Michael Mann 

Filme Completo



Sinopse: 

Arrebatador e poderoso, O Informante ira prender sua respiração, à medida que conta a série de eventos que colocam um homem comum contra uma grande multinacional, e acaba por envolver as pessoas no conflito mais importante de suas vidas. O vencedor do Oscar® Al Pacino (O Advogado do Diabo) e Russel Crowe (Los Angeles - Cidade Proibida) atuam como dois homens unidos em uma emocionante cruzada em favor de uma questão de saúde pública. E não demora muito para que eles descubram quão desesperadamente as megacorporações se empenham em preservar a si próprias.
Em 1994, ex-executivo da indústria do tabaco deu entrevista bombástica ao programa jornalístico "60 Minutos", da rede americana CBS. Dizia que os manda-chuvas da empresa em que trabalhou não apenas sabiam da capacidade viciadora da nicotina como também aplicavam aditivos químicos ao cigarro, para acenturar esta característica. Na hora H, porém, a CBS recuou e não transmitiu a entrevista, alegando que as consequências jurídicas poderiam ser fatais. Baseando-se nesta história real, O Informante narra a trajetória do ex-vice-presidente da Brown & Williamson Jeffrey Wigand (Russell Crowe) e do produtor Lowell Bergman (Al Pacino), que o convenceu a falar em público.
O filme apresenta a trajetória do ex-biologista da Brown & Williamson Jeffrey Wigand (Russell Crowe) e do produtor Lowell Bergman (Al Pacino), que o convenceu a falar em público sobre os males que as empresas de tabaco sabem que colocam em seus produtos para viciarem os usuários. Baseado na história real de 1994, em que um ex-executivo da indústria do tabaco deu entrevista polêmica ao programa jornalístico 60 Minutos, da rede americana CBS.

Fonte: 


Critica:
O Informante” requer uma certa vontade para ser visto, afinal são quase três horas de duração. Alguém desavisado que ache que vá assistir a um simples e descompromissado thriller terá uma surpresa. O filme vai muito, muito além disso.
Russel Crowe é o cientista Jeffrey Wigand, que após ser demitido de uma multinacional do ramo do tabaco, fica dividido entre contar ao mundo que eram do conhecimento da empresa os efeitos maléficos da adição de um novo produto à composição do cigarro, ou calar-se e com isso proteger a si próprio e à sua família, ameaçada de morte caso ele quebrasse o seu contrato de confidencialidade. Resumidamente e simplificadamente esse é o mote inicial do filme. Parece um simples thriller, não? Errado. O roteiro de Michael Mann (que também assina a direção) e Eric Roth (Forrest Gump), baseado numa situação real ocorrida nos EUA, extrapola e promove um retrato agudo tanto sobre um conflito ético-pessoal quanto sobre a realidade da imprensa.
O roteiro é claramente dividido em dois atos. No primeiro, o enfoque é quase todo sobre o personagem de Crowe. Al Pacino, o jornalista Lowell Bergman que tenta convencê-lo a abrir-se à imprensa e ir aos tribunais exerce um papel apenas necessário, o de incentivador.
o filme acerta ao mostrar as situações familiares de Wigand. Isso dá ainda mais força ao seu dilema, já que sua família é um dos pratos dessa balança e ajuda a formar psicologicamente a personagem. A relação com a esposa, a preocupação com o futuro das filhas, o medo de perdê-las, tudo isso age sobre a sua decisão confrontando-se com um pretenso compromisso maior com o mundo, com as outras pessoas, com justiça e com a ética. Além do texto que aborda com maestria esse confronto e foge de recursos simplistas, soma-se a soberba atuação de Russel Crowe que consegue as feições perfeitas para transmitir o máximo da pressão que age sobre o cientista.
Depois que Wigand finalmente se decide e dá a entrevista, pensa-se que daí pra frente o filme não produzirá nada mais de significativo. Só que o roteiro dá uma guinada e volta sua lente para Bergman, que sofrerá um profundo choque quando souber que sua entrevista terá de ser editada a fim de tirar todo o seu material denunciativo contra a empresa; isso porque a emissora teme futuras retaliações de uma multinacional tão poderosa. Aí segue-se uma outra batalha, a de um jornalista amante de seu ofício e que não admite que as “costas quentes” de sua instituição dêem cabo de sua premissa mais fundamental, a verdade. Pacino dá um show ao conduzir um personagem diferente daquele modelo batido de jornalista utópico-marxista e compõe um homem já calejado com os podres de sua profissão, mas que ainda tem vivo o seu compromisso com a verdade.
O mérito primordial de “O Informante” é a discussão que proporciona, ainda mais quando se sabe que esse foi um fato explosivo muito recente. A habilidade de seus realizadores e a coragem de rechear o filme com o maior número de informações possível escancara ao espectador a fragilidade dessa “imprensa livre” e de quebra ainda coloca um dilema delicado confrontando ética e proteção à família. O que você faria se estivesse no lugar de Wigand? A boa mão de Mann para a direção de thrillers e a técnica correta, porém cheia de truques de imagem hollywoodianos, corroboram para lançar essas inquietações.
Algo que intriga ainda no filme é o fato de Jeffrey Wigand só cogitar a possibilidade de denunciar a empresa quando ele é demitido.  Isso tira a personagem daquele bonzinho idealista arquétipo e o dá uma dose extra de fragilidade e humanidade. Porém essa faceta pouco nobre não foi suficientemente desenvolvida, ou melhor, nem foi desenvolvida, deixando-a em um plano obscuro, visível apenas a uma pequena parcela mais atenta da audiência.
Enfim, “O Informante” é o resultado de um trabalho maduro que consegue discutir sem rodeios temas  delicados e colocá-los à disposição do público. É um filme que foge ao caráter do cinema voltado meramente ao entretenimento. Como já disse, quem for assistir esperando um thriller vai ter uma surpresa. Pode ser que se decepcione, mas em caso de se deixar levar pelos conflitos e pela profundidade do contexto e não se incomodar demais com a sua longa duração, o filme será uma experiência bastante rica.


Mais uma Critica:
O Informante
Um filme que mostra a coragem de um homem ao lutar contra uma grande corporação, mesmo que isso lhe custe sua família e liberdade. Isso é O Informante, um dos melhores filme de 99.
É angustiante acompanhar a história de Jeffrey Wigand (uma história verídica), que luta com todas as suas forças pela verdade. Sua vida vai, aos poucos, desmoronando. Nessa luta, ele perde sua família (sua esposa vai embora com as filhas), sua casa, e sua liberdade, já que cada passo seu é vigiado pelos espiões da Brown & Williamson, a tal empresa contra a qual ele luta.
É muito interessante também a luta pessoal entre o personagem de Al Pacino e o diretor da emissora de TV, para que o programa 60 Minutes, no qual Jeffrey conta toda a verdade, vá ao ar.
Juntando essa história tensa, com uma trilha idem e uma fotografia incrível (que colabora ainda mais para a tensão do filme), O Informante chega ao limite do sufocante, deixando o espectador grudado na cadeira à cada minuto. 
Nota:
Crítica por: Diego Sapia Maia
Fonte:
http://www.cinepop.com.br/criticas/informante.htm

Reflexão sobre o filme: 
O informante, com Al Pacino.
O informante refere-se a denúncia da indústria de tabaco. Coloca em jogo a questão da ética profissional do jornalismo; o interesse financeiro e a saúde pública na perspectiva sociológica. O filme relata três aspectos importantes: as conseqüências de uma pessoa criticar visões e atitudes de grandes empresas; as dificuldades da mídia para manter o jornalismo longe dos interesses das grandes empresas e perto dos interesses da sociedade; e as mentiras da indústria do tabaco em relação ao caráter viciante da droga que fabricam.
O filme da infoque às questões da sociologia, tais como o mal que o tabaco provoca nas pessoas;a discussão sociológica sobre a ética, o interrese financeiro e a fragilidade da saúde pública dominada pelas multinacionais fabricantes do cigarro.
A narrativa retrata fatos do cotidiano, como a visão capitalista e gananciosa das pessoas,que buscam tomar conta do manipulando e distorcendo a realidade dos fatos para benefício próprio, em detrimento da vida e da dignidade de quaisquer pessoas que se interponham em sua trajetória em direção ao poder.
Atualmente, a ideologia dominante coloca na moda a falta de valores. No entanto, esta ausência é apenas aparente, uma vez que, evidentemente, que toda sociedade tem sua ética e suas referências. Porém, o valor dominante hoje, pode ser traduzido por uma só palavra: dinheiro. Por ele pode-se tudo: negociar sua dignidade, seu corpo, sua liberdade. Em nome dele, tudo se transforma em mercadoria: os ideais, as crenças, as esperanças. Essa é uma das infelizes realidades no mundo empresarial, onde administradores visando o dinheiro e o poder, passam por cima de muitos princípios e valores, como é o caso da ética.
O Informante

Por Juliana Geller
Acadêmica de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina

O produtor de televisão Lowell Bergman, representado por Al Pacino, recebe na porta de sua casa uma caixa, de remetente anônimo, com relatórios de pesquisas feitas sobre manipulação de componentes para aumentar o grau de dependência do cigarro. Ele não compreende todos os documentos e busca ajuda para decifrá-los quando lhe indicam que procure Jeffrey Wigand.
Wigand (Russel Crowe) é um biologista da Brown & Williamson – uma grande indústria de tabaco americana – que acaba de ser demitido, mas para garantir benefícios como o convênio médico, assinou um termo de confidencialidade. A princípio ele se recusa a conversar com Bergmann, que insiste em ter um encontro com o cientista.
Após algumas conversas com o jornalista sem nada revelar, Wigand passa a sofrer ameaças e a ser pressionado a assinar um adendo que estenderia o termo de confidencialidade. Começa a pesar as consequências de revelar a verdade e a responsabilidade que tinha sobre aquele segredo e finalmente é convencido a dar seu depoimento à rede de televisão, que encontra meios de driblar o termo.
Para atacar a credibilidade da fonte, a Brown & Williamson começa a investigar minuciosamente seu passado e a divulgar fatos como multas, um divórcio mal resolvido e outros, além de ameaçar juridicamente a CBS, que estava prestes a ser vendida e perderia os compradores caso sofresse um processo movido pela poderosa indústria do tabaco.
Com as ameaças, executivos e advogados da CBS decidem que o programa irá ao ar sem o depoimento de Wigand. Lowell Bergmann passa então a lutar para mudar esta decisão, batendo de frente com o apresentador do programa e defendendo sua fonte, que se arriscou ao contar o que sabia sobre as companhias de cigarros. As revelações de Wigand acabaram indo ao ar, editadas com cenas de executivos destas companhias negando ter conhecimento de que o cigarro poderia causar algum mal.
O filme é baseado em uma história real. Em 1994 um ex-executivo das indústrias de tabaco falou ao 60 minutos, da rede CBS, e graças à esta entrevista, os fabricantes de cigarros tiveram que pagar cerca de U$246 trilhões em indenizações nos EUA.
Vários assuntos relacionados ao jornalismo são tratados no filme. É possível questionar, por exemplo, até que ponto o compromisso com a verdade valida a atitude do produtor, que pressiona a fonte a revelar o que sabe mesmo que isso acarrete sérios riscos.
Outro tema abordado é o controle comercial da mídia. O filme nos permite refletir sobre quem, de fato, define o que é notícia. No caso mostrado em “O Informante” a indústria do tabaco esteve perto de fazer com que informações importantes não fossem divulgadas. Os interesses comerciais de redes de TV e rádio, jornais, revistas e outros, são legítimos; mas até que ponto isso deve interferir na informação que é levada a público?

Curiosidades O Informante:

Curiosidades sobre O Informante
- Este é o 2º encontro nas telas do diretor Michael Mann e Al Pacino. Ambos já haviam trabalhado juntos no policial Fogo contra Fogo (1995);- Russell Crowe, para melhor compor seu personagem, engordou mais de 20 quilos. Ele esteve com 110 kg durante as filmagens.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-22767/

Titulo Original: The Insider

The Insider (br: O Informante / pt: O Informador) é um filme estadunidense de 1999, do gênero drama, dirigido por Michael Mann. O roteiro é uma adaptação do artigo The Man Who Knew Too Much, de Marie Brenner.


Sinopse

 Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Conta a história de um homem que trabalhou durante anos numa fábrica de cigarros e depois resolve revelar os segredos que a indústria tabageira emprega para viciar as pessoas.


Elenco

Al Pacino .... Lowell Bergman
Russell Crowe .... Jeffrey Wigand
Christopher Plummer .... Mike Wallace
Diane Venora .... Liane Wigand
Philip Baker Hall .... Don Hewitt
Lindsay Crouse .... Sharon Tiller
Devi Mazar .... Debbie De Luca
Bruce McGill .... Ron Motley
Gina Gershon .... Helen Caperelli
Rip Torn .... John Scanlon


Principais prêmios e indicações

Indicado nas categorias de melhor filme, melhor diretor (Michael Mann), melhor ator (Russell Crowe), melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor montagem e melhor som.
Globo de Ouro 2000 (EUA)

Indicado nas categorias de melhor filme - drama, melhor diretor (Michael Mann), melhor ator em drama (Russel Crowe), melhor roteiro e melhor trilha sonora original.
BAFTA 2000 (Reino Unido)

Indicado na categoria de melhor ator protagonista (Russell Crowe).
Satellite Awards 2000 (EUA)

Venceu na categoria de melhor diretor (Michael Mann), e melhor filme - drama.
Indicado nas categorias de melhor montagem, melhor ator de cinema - drama (Russell Crowe e Al Pacino) e melhor ator coadjuvante - drama (Christopher Plummer).
[editar]
Curiosidades

A fim de melhor compôr o seu personagem, Russell Crowe engordou mais de 20 quilos, chegando a pesar 110 quilos durante as filmagens.



Direcao:
Michael Thomas Mann, (nascido em 05 de fevereiro de 1943) é um cineasta estadunidense, nasceu na cidade de Chicago, Illinois, no dia 5 de Fevereiro de 1943. Considerado um dos diretores americanos mais inovadores e respeitados em atividade, possui um estilo bastante característico de filmar, bastante focado no apuro visual e no tom documental. A maior parte de sua obra foca-se no gênero policial, com personagens obscessivos em suas atividades. Costuma operar ele próprio a câmara na fotografia de seus filmes, sendo que nos mais recentes optou pelo uso do formato digital.


Roteiro:
Eric Roth (Nova Iorque22 de março de 1945) é um roteirista norte-americano mais conhecido como o escritor dos filmes "Forrest Gump - O Contador de Histórias" e "O Curioso Caso de Bejamin Button."

CURIOSIDADES:

- Baseado no artigo O Homem que Sabia Demais, de Marie Brenner 


- Depois de ler o primeiro rascunho de O Bom Pastor, Michael Mann se aproximou de Eric Roth para ajudá-lo a escrever o roteiro



- Val Kilmer foi considerado por Michael Mann para o papel de Jeffrey Wigand. O produtor Pieter Jan Brugge sugeriu Russell Crowe




PRÊMIOS:

- Em 2000, foi indicado aos Oscars de Melhor Ator (Russell Crowe), Fotografia, Direção, Edição, Melhor Filme, Som, Roteiro Adaptado


- Em 2000, foi indicado ao Bafta Film Award de Melhor Ator (Russell Crowe)



- Em 2000, foi indicado aos Globos de Ouro de Direção, Melhor Filme - Drama, Trilha Sonora, Ator - Drama (Russell Crowe) e Roteiro


os informantes,o informante filme,filme o informante,o informante download,download o informante,o informante dublado,o informante resumo,,o informante online,o informante sinopse,o informante blog,filme o informante resumo,resumo do filme o informante,o informante resenha,baixar filme o informante,sinopse do filme o informante,resenha do filme o informante,o informante download dublado,o informante critica,o informante trailer,o informante militar,o informante 1999,o informante dublado

Compartilhe este artigo: :

Postar um comentário

« Pagina Anterior Próxima Pagina » Página inicial

Publicidade

TV Online Grátis Click e Assista!

.....tv SBTrede tvmix tvespn brasilTv Ben10bob esponja tvtv Cavaleiroshbo familytv DougTv I CarlyTv Drake&JoshKenan & Kelos simpsontv futuramaglee tvtv friendstv seriesSerie ChuckTv HeroesThe Vampires diariescsi tvprison breakGrossip Girl Tv.....




Prezado amigo(a),

Você deseja ter um Website com Área de Gerenciamento e que lhe dê sempre 100% de todas as vendas? Então você não pode deixar de visitar a Página Renda10, ela lhe dar ganhos ILIMITADOS e todo dinheiro será seu diretamente na sua conta MOIP, PagSeguro ou PayPal.

Imagina ter um site pronto já com o botão de pagamento configurado, e o melhor de tudo, colocando dinheiro na sua conta 24hs. Isso é fantástico!

Conheça o meu WebSite e Crei sua página GRÁTIS:

>> http://adf.ly/8028820/divulgador-online

Atenciosamente,
Diego Miranda

negociosdiegomiranda@gmail.com

SURPRISE LINK

MEUSLINSK

 
Copyright © 2011. Paranoia Filmes - All Rights Reserved
Templates: Mais Template